Ansiedade: Compreendendo a natureza e tratamentos

mulher com ansiedade, mulher de saia, mulher, ansiedade, ansiosa, disturbio,

É normal que uma pessoa fique ansiosa. A ansiedade geralmente desencadeia sempre que um indivíduo encontra experiências ou eventos angustiantes e agravantes em suas vidas. É basicamente uma parte da resposta inata de uma pessoa a problemas e preocupações da vida. A ansiedade também é uma maneira de indicar possíveis perigos que podem acontecer.

 

No entanto, não é mais normal se a condição de ansiedade vem com extrema preocupação e medo que impede uma pessoa de viver a vida acostumada que gostaria. Quando isso acontece, essa pessoa pode ter desenvolvido um transtorno de ansiedade.

 

Hoje, ter ou experimentar distúrbios é bastante comum entre indivíduos estressados. Felizmente para as pessoas diagnosticadas com transtornos de ansiedade, já existem vários tratamentos atraentes para esses tipos de condições. Como tal, conhecer as informações básicas sobre ansiedade ajudará as pessoas nos principais detalhes desse distúrbio.

 

Definindo transtorno de ansiedade

O transtorno de ansiedade geralmente abrange diferentes tipos de formas aberrantes de fobias, medos e preocupações. Pode-se ter ataques repentinos e preocupantes sem motivo algum. Uma pessoa pode experimentar consumir ataques de pânico que geralmente são desencadeados sem nenhum aviso.

 

A ansiedade também pode vir na forma de compulsões e obsessões, ou alguém pode desenvolver uma fobia de uma situação, evento ou objeto que normalmente não incomoda outras pessoas.

 

Embora o transtorno de ansiedade ocorra de vários tipos e formas, é basicamente o mesmo em uma coisa: eles são persistentes e desencadeiam com muita força. A gravidade e o ciclo desses transtornos de ansiedade podem ser perturbadores, imobilizantes e angustiantes.

 

Sinais de transtornos de ansiedade

Um dos aspectos mais importantes das informações básicas  é conhecer os sintomas e sinais dessa condição. Os transtornos de ansiedade apresentam sintomas físicos e emocionais variados.

Sinais emocionais ou psicológicos incluem:

1. Medo e inquietação
2. Prevenção
3. Irritabilidade
4. Forte desejo de escapar
5. Confusão
6. Jumpiness ou nervosismo
7. Insegurança

Os sintomas físicos incluem:

1. Calafrios
2. Falta de ar
3. Fadiga
4. Insônia
5. Dor de cabeça
6. Tensão muscular e dores
7. Mãos úmidas
8. Palpitações cardíacas

Os sintomas enumerados acima são apenas algumas das indicações emocionais e físicas comuns de um distúrbio de ansiedade. Como existem vários sintomas físicos associados a transtornos de ansiedade, algumas pessoas tendem a supor que têm problemas de saúde. Por isso, é realmente melhor conhecer os muitos aspectos fisiológicos  para evitar confusão.

 

Tratamento da ansiedade

As pessoas que sofrem deste transtorno não têm realmente desculpa para consultar suas condições, porque hoje existem muitos tratamentos reconhecidos que são realmente eficazes. Entre os principais tratamentos recomendados estão a terapia cognitivo-comportamental e a medicação.

 

1. Medicação

A maioria dos médicos prescreveu medicamentos como anti-ansiedade e antidepressivos como tratamentos de curto prazo para a ansiedade. Os medicamentos são recomendados entre os pacientes que sofrem dessa condição, pois agem como tratamentos suplementares, uma vez que outros tipos de terapias são tomados. No entanto, medicamentos e medicamentos para ansiedade podem se tornar viciantes quando abusados.

 

2. Terapia Cognitivo-Comportamental

Uma forma muito eficaz de tratamento da ansiedade é a terapia cognitivo-comportamental ou TCC. Este tratamento visa alterar os padrões de comportamento e cognição de uma pessoa que sofre de casos graves de ansiedade. Esse tratamento geralmente é realizado dentro de 12 a 20 semanas, com o paciente em terapia individual ou em grupo.

Deixe seu comentário